imagem

CABELOS: relação de amor e ódio!

Ei, pessoas (: tudo bem? Vou confessar uma coisa aqui e tenho C-E-R-T-E-Z-A que todos se identificarão: A RELAÇÃO COM O CABELO É DEFINIDA POR AMOR E ÓDIO! Sério, hehehe. Li hoje uma matéria dizendo que cabelo preto é o queridinho do ano. Mas não é qualquer preto não, é um preto com fundo avermelhado, puxando para o castanho. Específico, não? E eu fiquei pensando com meus botões: “que ser humano muda a cor dos cabelos sempre que mudam as tendências?” Ok, ok. Pensem aqui comigo: roupa a gente compra ~se tiver dindin~ mas cabelo estraga D:


Ainda assim, descobri que estou na moda, hehe. Saber das tendências é muito bom quando a gente quer renovar, mas o cuidado e a manutenção não são nada fáceis. Eu, por exemplo, já fui super loira do cabelo enooorme 😀 e A-M-A-V-A ~ainda acho que nasci para ser loira~, mas só Jesus na causa quando o dia amanhecia nublado querendo chover. Não tinha leave-in que colocava meu frizz no lugar #espantalhofeelings. No mês seguinte estava com o hair escuro e no ombro! Sem falar na escolha do cabeleireiro que é o PASSO PRINCIPAL! E, das minhas experiências, posso afirmar com afinco duas coisas:

1- Se você quer mudar o visual tem que investir mesmo. Não adianta pensar que aquela amiga da sua prima, que é vizinha do seu avô, vai chegar e deixar o seu cabelo divo porque ela tem boa vontade de fazer o procedimento. Nem pense nisso! Deixe seus fiozinhos preciosos nas mãos de um profissional que saberá lidar corretamente durante a transição.
2- Nem sempre o mais caro é o melhor. Esta afirmação é triste de se fazer e de ler ~eu sei~ e tira todas as nossas esperanças, mas é verdade. Valor não é, nem de longe, garantia de qualidade! Quantas vezes a gente paga caro para uma pessoa vir e A-C-A-B-A-R com a nossa cabeleira? quemnunca? E aí dá mais raiva ainda, afinal, se for pra fazer cáca, prefiro fazer sozinha na tentativa do que pagar alguém pra fazer, hehe.


Euzinha, loira (: #saudades

O jeito é se guiar pela reputação do profissional. Conversar com as pessoas que já cuidaram dos cabelos no local e saber quais são as especificidades daquele cabeleireiro. Alguns fazem loiros maravilhosos, outros fazem tranças lindas, outros fazem verdadeiros milagres quando o cabelo precisa de recuperação. E, como quem tem boca vai à Roma, só assim para encontrar aquela PESSOA ILUMINADA QUE VAI TE DEIXAR DIVA/DIVO mesmo! Só muito cuidado com as ‘falsiane’, fia, eu caí numa dessas e me ferrei! Snif!

É difícil mudar o cabelo? É! É difícil manter a mudança sem ficar careca? É! A gente vai sossegar e deixar o cabelitcho como ele está? NÃO! Por que nós somos assim? HAHAHA não sei explicar. Mas isso é fato constatado! Já perceberam, por exemplo, que quando a gente termina com algum namorado A PRIMEIRA COISA QUE A GENTE QUER FAZER É MUDAR O CABELO? Por que, Jesus?! às vezes a gente acaba fazendo cagada e fica pior do que estava, hue E Jesus responde: porque a gente tem a necessidade irracional de querer esfregar na cara do infeliz que a gente está linda e fina sem a presença dele! E isso faz sentido? Não. Nunca faz. Mas sempre acontece. Sempre. E não é só em final de namoro não, é em todas as fases de nossas purpurinadas vidinhas. Acho que talvez seja esta a finalidade do cabelo: MUDAR QUANDO A GENTE MUDA, ou seja, refletir externamente as transições que vivemos internamente. E é tão bom quando a nossa aparência está em consonância com a nossa vivência daquele momento :3 auto-estima vai lá para o céu!

Eu tenho ataque quando vejo um ruivo laranjinha ou um cabelo colorido passeando por aí. Acho lindo <3 Sem falar na excentricidade e sentimento de realização de carregar as mais diversas formas de madeixas enquanto desfilamos por aí. O motivo deste bate-papo: quero uma franja num cabelo de fundo azul turquesa ou ruivo laranjinha. Pode, produção? Pode! PORQUE A GENTE TEM QUE FAZER O QUE QUISER MESMO ENQUANTO MENTALIZA O SEGUINTE MANTRA: “deixe que pensem, que digam, que falem” \o/ então já podem ir me aguardando de visu novo por aí 😀 a cor eu ainda vou demorar para colocar, porque meu cabelo ainda está danificado e receio que não irá aguentar. Mas a franjinha já tá brotando aqui <3 Abaixo, as minhas duas maiores inspirações \o/
Bia Andrade, dona do ruivo mais MARA da vida!


E Kylie Jenner, dona do color hair mais MUST da minha vida <3 E vocês? Já mudaram ou querem mudar radicalmente a forma/cor/corte dos cabelos? Contem aqui para mim o/ Beijinhos de luz :*

Próxima postagem
Postagem anterior

Comentários

Share

Observações

  1. Eu sou bem sossegada! Prefiro ficar quietinha com meus cabelos naturais a ficar escrava de salão de beleza!! Porque uma coisa é fato: encontrar a pessoa iluminada que vai te deixar diva não é fácil :/ prefiro não arriscar! Passo a vez!! Isso eu deixo pra você que é ousada e não tem medo! Eu tô de boa! rss…

  2. Thais Brandão Diz: agosto 14, 2015 at 11:51 pm

    Só li verdades neste post. Passei quase um ano usando trancinhhas, meu cabelo já passava um pouco do ombro. Vou ao salão e quando volto PUFF!!e meu cabelo está acima da nuca ¬¬
    Prevejo lacração sua com o visual novo hahaha e sobre a Kylie Jenner, inspiração total. 😀

Os comentários estão fechados.