imagem

Tudo sobre meus gatíneos =’.’=

Olá, minhas delicinhas cremosas o/ hoje eu vim falar sobre os meus gatíneos lindos, hihihi já que nunca os mostrei por aqui, tá na hora de vocês conhecê-los, né non?! Bom, eu tive essa brilhante ideia porque ontem, após fotografar este look baphônico aqui, eu resolvi tirar foto toda trabalhada com meus filhotes pra postar no Facebook. O Facebook entrou numa onda orkutiana ultimamente, né?! Hehehe cada dia é um desafio diferente. E, como eu adoro essas coisinhas, acabei estendendo aqui pro blog porque percebi que não ouve nenhuma apresentação formal :O


Bom, a Frida é uma menininha toda fofinha, linda de viver, mas muito, muito brava, HEHEHE tem que ficar esperto com ela, porque ela é bem geniosa. Ela chegou no dia das mães do ano de 2014 (: ela tinha apenas um mês de vida e eu a adotei de um dos grupos de adoção de animais que têm aqui na minha cidade. Eu já tava com a ideia de ter um animalzinho bem fixa na minha cabeça e fui atrás. Quando eu cheguei pra ver, ela era idêntica à um outro gatinho de rua que eu me apeguei muito na minha infância e que, por ser dócil demais, acredito que alguém tenho o levado embora )': Nossa, quis a bichinha na hora! Ela é bem guerreira, visto que sobreviveu a uma cirurgia de castração BEM MALFEITA POR UM PROFISSIONAL PÉSSIMO DAQUI QUE EU NÃO INDICO PRA NINGUÉM. E olha que é um dos melhores consultórios veterinários, hein?! Ela ficou super arisca e desconfiada depois disso /: mas comigo e com meu namorado ela é só amor <3 Muito por isso, pensei em trazer uma companhia pra ela, pra dar uma enturmadinha, sabe?! Hihihi daí chegou o Batman recentemente e quase matei todo mundo de susto, porque eu adotei escondido HEHEHE. Eu era doida pra ter um gatinho preto *o* Daí, num belo dia, eu tava linda vendo o Snapchat alheio e vi uma ninhada de gatinhos no Snap de uma amiga <3 mandei mensagem na hora! Ali começou a premeditação do crime, hahaha. Foi só desmamar que ele me foi entregue. Ele é desses gatos dados, sabe?! Ele nem liga se a pessoa é estranha ou não, ele escala, cheira, brinca, se esfrega, deita no colo. Folgado até o último fio de pêlo e mega arteiro. Finge que não escuta e vive levando bronca pelas mesmas artes quase todos os dias D:

Mas a adaptação não foi fácil. Teve muito estranhamento, muito chororô (claro, porque eu não sei lidar com os problemas da vida, senão chorando), muito desespero. Até que a Gabi Capone me contou o segredo da adaptação que ela tinha usado com as gatinhas dela e eu investi sem medo. OBRIGADA, RAINHA GABRIELA CAPONE <3 Ela vai gravar um vídeo sobre isso e eu prometo divulgar aqui pra quem tiver pensando em aumentar a família (; Hoje é só amor, mordidas e lambeção.

Mas ter animalzinho não é tão simples assim. Dá um trabaaaalho D: é potinho de água que precisa ser lavado diariamente e abastecido com água fresquinha (OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: água filtrada! A Frida pegou giardia por ser água de torneira e foi um susto! Resultado: tratamento de uma semana com medicação aaand um filtro de barro aqui pra casa pra evitar novos sustos), é caixinha de areia que precisa ser limpa pelo menos 2x por dia, é vacina, é vermífugo, é ração especial, é cobertorzinho, são objetos pequenos que tem que esconder, se não eles pegam pra brincar e acabam se machucando, fora quando algum amanhece doentinho. Dia desses a Frida tava parecendo um pato de tão resfriada, ficou rouquinha rouquinha. Isso porque meu apartamento é todinho telado pra garantir a segurança deles e vira e mexe um se prende na rede – não sei o que eles arrumam!(?) Mas, de longe, são as minhas melhores companhias <3 e eu não arrependo sequer um segundo de tê-los adotado.

Me conta aqui se você tem algum bichinho de estimação e um pouquinho da história dele *o* vou adorar saber!

Beijinhos e lambidinhas de luz :*

Próxima postagem
Postagem anterior

Comentários

Share

Observações

  1. EU AMO GATOS! Mas ainda não posso ter pq a minha casa não teria como ser adaptada para deixá-los seguros e a minha cadelinha os odeia :'( Tenho duas meninas: a Sophia – que odeia gatíneos- e a Melissa que nem daria bola para eles <3

    • Ai, que dó, Bruuu D: mas catioras são tudo de bom também, hihihi <3 se decidir adaptar a casa, vai aproximando aos pouquinhos, gatinhos são irresistíveis *.* até para os catioros, hehehe :*

  2. mas nessa casa só tem gatos?? são gatas, gatos… incontáveis!! rss…

Os comentários estão fechados.